SEJAM BEM VINDOS!!!

Aqui compartilho: textos poéticos e reflexões de autores, famosos ou pouco conhecidos, vídeos, músicas, fotos, pensamentos fragmentados (meus e de outros), além de outras preciosidades e presentes recebidos de Anjos queridos.

Sou ética e sempre procuro o autor do texto; caso você encontre algum texto sem autoria ou com a mesma equivocada, avise-me por favor, pois recebi desse modo e não consegui descobrir o autor(a), bem como, autoria enganosa. Um fraterno abraço, Paz & Luz!

22 de setembro de 2011

Armadilhas online



Armadilhas online
Especialista em relacionamentos dá dicas para paquerar com segurança pela internet

Por Ilana Ramos 19/09/2011  
 
Antigamente, tudo era muito mais simples, os namoros, os encontros. Hoje, os chamados "namoros virtuais" através de sites de relacionamento chegaram para facilitar e confundir a vida de quem está em busca de um companheiro. Apesar da enorme variedade de perfis disponíveis nesses sites, nem tudo é o que parece ser quando se está na rede e é preciso estar muito atento para não cair nas inúmeras armadilhas online.
 
A comodidade de poder escolher a pessoa perfeita para você diante de milhares de perfis disponíveis nos sites de relacionamento traz seus riscos. Para a coach em relacionamentos e autora do livro "O amor está na rede", Erica Queiroz, "os principais perigos dos sites de relacionamentos são os mesmos de quando uma pessoa conhece outra num bar, numa festa, numa danceteria, sem que haja amigos em comum para dar referências. Portanto, você precisa conversar bastante com a pessoa que conhecer através de um site de relacionamentos antes de partir para o primeiro encontro".
 
As armadilhas que a internet prepara podem ir desde perfis mentirosos até golpes realmente perigosos. "As pessoas com mais de 50 anos conheceram a internet quando já eram adultas e, portanto, estão menos acostumadas com ela do que os mais jovens. Além disso, o mundo evoluiu muito nos últimos anos e muitas das pessoas mais velhas ainda estão acostumadas com a ingenuidade que, de certa forma, se podia ter antigamente. Portanto, creio que a maioria destas pessoas, principalmente do sexo feminino, têm maior probabilidade de cair nestes golpes. Vale ressaltar que muitos golpistas focam em mulheres mais velhas, recém-separadas, que já têm algum patrimônio e estão carentes. A maior inimiga para qualquer armadilha é a carência. Por isso, sempre sugiro que uma pessoa não busque alguém (na internet ou fora dela), se estiver carente", alerta Erica.
 
Para se prevenir de perfis falsos e golpes online, Erica dá algumas dicas do que fazer para não ser pego em nenhuma armadilha. "Conversar bastante com a pessoa antes de marcar o primeiro encontro. Nestas conversas, deve sempre haver o uso de recursos de vídeo (webcam) e áudio (microfone) pois, assim, parece que a conversa está ocorrendo cara a cara - você vê a pessoa (então já sabe se suas características físicas são realmente o que ela diz ser) e a ouve e, com isto, já pode ir desenvolvendo uma melhor opinião sobre ela. Além disso, vê um pouco do ambiente onde ela se encontra, checa se ela está disponível em horários-chave, como à noite e nos finais de semana (se ela sumir, provavelmente é comprometida). É importante saber, também, se a pessoa tem perfil nas redes sociais e tentar verificar seu comportamento nos mesmos, conseguir o máximo de dados que puder de seu interlocutor", aconselha a coach.
 
Para te ajudar ainda mais a evitar os perigos do namoro online, a coach de relacionamentos Erica Queiroz e o site Maisde50 prepararam uma lista com cinco perigos comuns do namoro na web. Veja a seguir:
 
1. O perfil
Dizer sempre a verdade, mas objetivamente. Se você florear demais, ninguém vai ter paciência para ler. Além disso, a pessoa deve evitar falar detalhes muito íntimos, do tipo: "acabei de ficar viúva" - isso apenas atrairá golpistas. Isso poderá ser dito posteriormente, quando estiverem se conhecendo melhor.
 
 
 
2. O que está procurando
Ser bem objetivo, afinal, nesta fase da vida as pessoas deveriam saber muito bem o que querem ou não. Quanto mais se especifica o que se procura, mais chances se têm de encontrar alguém. Portanto, evite deixar campos do perfil em branco. Também não dê muita atenção a quem não teve o cuidado de preencher direito o seu perfil.
 
 
 
3. Fotos
Fotos distantes, em que a pessoa está totalmente escondida (chapéu ou boné, barba, óculos escuros...) são totalmente suspeitas. As fotos devem ser bem nítidas e a pessoa deve apresentar uma ótima expressão facial.
 
 
 
4. Mentira
Converse por webcam e microfone, e sempre gravar as conversas e, depois de um tempo, refaça as perguntas para ver se obtém as mesmas respostas. Esse teste é o melhor. Muitas vezes, o mentiroso se contradiz. No entanto, há mentirosos profissionais e se o seu 'feeling' disser que há algo errado é porque provavelmente há. Se não estiver seguro/a, aborte a operação. Se parecer bom demais para ser verdade... é porque não deve ser verdade mesmo!
 
 
 
5. O primeiro encontro
Espere um tempo até marcar o primeiro encontro (para pessoas com mais de 50 anos, sugiro que demore pelo menos um mês para marcá-lo). Marque o primeiro encontro num local público, não aceite carona nem na ida, nem na volta, nunca diga onde mora, só forneça o número do celular e deixe um ou mais amigos avisados sobre o encontro, de posse dos dados da outra pessoa.
 
 
 

 
 
(Página criada e texto pesquisado e repassado pelo Grupo Malu-ka por você. Ao repassar, por favor, mantenha os créditos. Respeite a autoria.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar. Luz & Paz!!!
Beijos fraternos!!

Translate

AMIGOS POÉTICOS