SEJAM BEM VINDOS!!!

Aqui compartilho: textos poéticos e reflexões de autores, famosos ou pouco conhecidos, vídeos, músicas, fotos, pensamentos fragmentados (meus e de outros), além de outras preciosidades e presentes recebidos de Anjos queridos.

Sou ética e sempre procuro o autor do texto; caso você encontre algum texto sem autoria ou com a mesma equivocada, avise-me por favor, pois recebi desse modo e não consegui descobrir o autor(a), bem como, autoria enganosa. Um fraterno abraço, Paz & Luz!

15 de maio de 2011

Viver consigo mesmo



Viver consigo mesmo
 © Letícia Thompson

Deus chama cada um de nós pelo nosso próprio nome. 
Isso define nossa identidade e nossa idividualidade.

Ninguém foi feito para viver só e poucas coisas são tão pesadas quanto o vazio da solidão. 

Paradoxalmente, para se viver bem com outros é fundamental viver bem consigo mesmo.
Ninguém é vida de ninguém. Ninguém e nada deve ser a vida de alguém. A dependência de alguém ou de alguma coisa para o que quer que seja, tira nossa liberdade de ser, possuir e alcançar frutos que só pertencem a nós.

Privilegiados são os momentos que passamos com a família, colegas, 
amigos e pessoas que amamos. E privilegiados também devem 
ser aqueles instantes necessários à nós mesmos,
não quando nos bastamos, mas quando nos satisfazemos, 
sem a espera de um fator exterior que venha mudar nosso humor, 
nosso olhar do mundo.

O que precisamos aprender é que somos parte integrante do mundo, 
como células individuais que formam um corpo e dão sentido a um grupo inteiro. 

As pessoas que depositam a felicidade, esperança e amor nas mãos de outros são as que se decepcionam com mais frequência e correm o grande risco de viver aleijadas no depois, quando a felicidade não chega, a esperança voa e o amor pousa em outros lugares.

É no silêncio que ouvimos as batidas do nosso coração. É quando outras vozes se calam que a nossa voz interior fala mais alto e profundamente e aprendemos o valor da vida.

Jesus retirava-se de vez em quando para orar. Se nos montes ou nos desertos, mostrou que momentos em que passamos sós não nos anulam ou diminuem, mas enriquecem quem somos e fortalecem os vínculos com nosso Criador. 

Quem aprende a estar consigo, aprende a estar com os outros. Quem se conhece, dá mais de si. Aquele que vive bem com a vida não espera que façam, ele faz e o mundo acontece.

Letícia Thompson


5 comentários:

  1. Oi Kika,
    Não há melhor companhia que a nossa mesmo.
    Abç e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida
    Só podemos ser e estar com o outro quando aprendemos a estar conosco. Tarefa difícil, é sempre mais prático olhar para fora do que voltar-se para o nosso interior.
    Limites, diferenças, cada um de nós é único e somos os responsáveis pelo que queremos e realizamos. O outro pode ser nosso parceiro, mas nunca será o responsável pela nossa dor ou alegria.
    Carinho meu.

    **Quanto ao assunto da sua monografia se precisar de algo me escreva por e-mail.
    beijocas.

    ResponderExcluir
  3. Sempre sensacional! Beijo, beijoooo

    ResponderExcluir
  4. Concordo plenamente com todos. Grata pela visita e recados. bjs e ótima semana. bjs

    Ps.: Eu aprendi também! BJS

    ResponderExcluir

Obrigada por participar. Luz & Paz!!!
Beijos fraternos!!

Translate

AMIGOS POÉTICOS