SEJAM BEM VINDOS!!!

Aqui compartilho: textos poéticos e reflexões de autores, famosos ou pouco conhecidos, vídeos, músicas, fotos, pensamentos fragmentados (meus e de outros), além de outras preciosidades e presentes recebidos de Anjos queridos.

Sou ética e sempre procuro o autor do texto; caso você encontre algum texto sem autoria ou com a mesma equivocada, avise-me por favor, pois recebi desse modo e não consegui descobrir o autor(a), bem como, autoria enganosa. Um fraterno abraço, Paz & Luz!

8 de maio de 2011

Gerar um ser.

HOMENAGEM AS MÃE... QUE JÁ SE FORAM, MAS DEIXARAM SUAS MARCAS E MUITAS SAUDADES... Mainha, Lúcia, como vc faz falta...


MINHA HOMENAGEM A VOCÊ

“Renovadora e reveladora do mundo.
A humanidade se renova no teu ventre”.
:: Cora Coralina ::

Gerar um ser. 

Norma Emiliano

Acolher, nutrir,

embalar e proteger.
São tantos os verbos,
são tantas as ações.
 Para você mulher/mãe o caminhar
da vida reveste-se da eternidade.
De ser em ser,
de geração em geração,
o seu gesto maior de amar.
Mãe querida,
sua lembrança é o
meu acalento.
Ainda hoje,
após tantos anos de sua partida,
nos momentos de angústia,
sua imagem ressurge
e me ampara.
Imaginável era sobreviver sem
a certeza da sua presença.
Contudo,
percebo que mesmo tendo partido,
não me deixou.
Aninhada no seu colo,
no afago dos seus dedos a
segurança de ser amada.
No percurso,
na minha estrada,
tenho você como referência.
Mulher forte, sensível,
humilde e companheira.
Tantas vezes,
vivenciamos momentos
de alegria e dor,
que sedimentaram meu caminho.
Seus gestos de amor,
sua prontidão ao perdoar fazem-me
grata eternamente a você.
De menina à mulher,
cada passo em direção à vida,
pude sentir sua auréola de proteção.
Deu-me raiz e asa para voar.
E voei amparada pelo ninho
eterno do seu amor.
Buscar n’alma o sentimento maior
que me liga a você e
prestar essa homenagem
trazem à reflexão o seu valor
diante da vida.
Quanta alegria no dia em que fui mãe,
quanta responsabilidade de trazer
um ser a vida e dar à vida a esse ser.
Ao ser mãe percebi que
sua voz ali estava,
mesmo quando não estava.
Cada gesto de cuidado,
cada gesto de amor,
você está em mim.
Trilhar através dos passos
que me guiaram,
seguir nas diferenças dos tempos,
na busca do objetivo maior
de ser e dar amor.
Você foi mãe por tempo integral.
Atualmente,
mesmo nas diferenças,
na diversificação dos meus papéis,
encontro o valor maior
que me legou.
Para você, através de você,
minha homenagem,
hoje e todos os dias,
MÃE.
TEXTO: Norma Emiliano

Um comentário:

  1. Oi Kika!
    A mãe ensina e aprende o AMOR!

    Lindo poema! Tenha uma ótima semana! bjos

    E vamos confiar na vida1 ;)

    ResponderExcluir

Obrigada por participar. Luz & Paz!!!
Beijos fraternos!!

Translate

AMIGOS POÉTICOS