SEJAM BEM VINDOS!!!

Aqui compartilho: textos poéticos e reflexões de autores, famosos ou pouco conhecidos, vídeos, músicas, fotos, pensamentos fragmentados (meus e de outros), além de outras preciosidades e presentes recebidos de Anjos queridos.

Sou ética e sempre procuro o autor do texto; caso você encontre algum texto sem autoria ou com a mesma equivocada, avise-me por favor, pois recebi desse modo e não consegui descobrir o autor(a), bem como, autoria enganosa. Um fraterno abraço, Paz & Luz!

10 de abril de 2012

Fragmento: Caio Fernando Abreu



“Não sei se em algum momento cheguei
a ver você completamente como Outra Pessoa,
ou, o tempo todo, como Uma Possibilidade
de Resolver Minha Carência.
Estou tentando ser honesto e limpo.
Uma Possibilidade que eu
precisava devorar ou destruir.
Porque até hoje não consegui
conquistar essa disciplina,
 essa macrobiótica dos sentimentos,
essa frugalidade das emoções.
Fico tomado de paixão.
Há tempos não ficava.
E toda essa peste, meu amigo.
O que tem me mantido vivo hoje é a ilusão
ou a esperança dessa coisa,
“esse lugar confuso”, o Amor um dia.
E de repente te proíbem isso.
Eu tenho me sentido muito mal
 vendo minha capacidade de amar sendo destroçada,
 proibida, impedida […]
Nem vivi nada ainda.
 E não sou, sequer promíscuo.
Dum romantismo não pós,
 mas pré todas as coisas –
um romantismo que exige sexualidade e amor juntos.
Nunca consegui.
 Uns vislumbres, visões do esplendor.
Me pergunto se até a morte - será?
Será amor essa carência e essa procura de amor,
 nunca encontrar a coisa?”

CAIO FERNANDO ABREU

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar. Luz & Paz!!!
Beijos fraternos!!

Translate

AMIGOS POÉTICOS